Livros

Nossa fazia um tempão que não rolava resenha de livro por aqui, hein?! Pois é, com a correria estamos demorando mais para terminar as leituras… Mas hoje viemos falar não apenas de um livro, mas também de seu respectivo filme.

DAPHNE INDICA:
Nossa indicação é para o livro / filme “As Vantagens de Ser Invisível”, de Stephen Chbosky.

DSCN1511

A HISTÓRIA:
As vantagens de ser invisível
, é um livro feito de forma bem diferente da convencional, pois é como se fosse um diário de cartas em ordem cronológica escrito pelo protagonista da história, Charlie!

Charlie é um garoto meio problemático, com tendências depressivas e que vive à margem da sociedade excluído em seu mundo particular. As cartas que ele escreve, e que constituem o conteúdo do livro, são como pequenos desabafos, parecem feitas para nós, leitores, e narram o dia a dia da adolescência e as descobertas do garoto, abordando desde acontecimentos mais corriqueiros até temas mais sérios, como suicídio, drogas, bullying, homossexualidade, aborto e etc… Charlie inicialmente não tem amigos e passou boa parte de sua vida em hospitais psiquiátricos, sendo assim, tem uma forma muito inocente, peculiar e que as vezes chega até a ser cômica, de descrever certos fatos. Isso faz com que o livro ofereça uma leitura mais leve, descontraída e de fácil entendimento, apesar de conter temas pesados e muitas vezes tristes.
Tudo muda com o aparecimento de Patrick e Sam, duas pessoas que transformam a vida de Charlie, se tornam seus melhores amigos e começam a dar motivação e animação para seus dias normalmente chatos e solitários…

MINHA OPINIÃO:
A maioria de nós é defensor ferrenho da típica frase: “O livro sempre vai ser melhor que o filme” não é? Pois é… Eu também sou, maaaas admito: toda regra tem sua exceção, e nesse caso uma coisa complementou a outra perfeitamente… Sem o filme, sinceramente, o livro nem teria tido muita graça… Digo isso, porque eu particularmente achei uma leitura muito “teen”, e não que isso tenha me incomodado pelo fato de eu já ser adulta, pelo contrário, me incomodou porque achei teen de uma forma negativa, achei alguns palavreados e temas carregados demais até pra mim que não sou mais adolescente. Por isso não me identifiquei muito, já que com muito orgulho tive uma adolescência bem tranquila e careta!
Achei que algumas coisas muito sérias que aconteciam, eram tratadas de forma meio banal e não apresentaram a carga emocional que deveriam… Enquanto que outras mais simples e bobas eram retratadas como grandes acontecimentos e coisas marcantes. Mas como tudo é narrado do ponto de vista de Charlie e não do meu, me contentei em não concordar e já estava pensando em como fazer aqui uma resenha dizendo que não tinha curtido muito e etc…

Mas então resolvi assistir o filme, que inclusive é dirigido pelo autor do livro, fato que me deu uma segurança maior na expectativa da captura dos detalhes e personagens… E não é que me surpreendi? Muito bom filme, singelo e genuíno… Atores perfeitos para o papel! Emma Watson saindo totalmente da pele da Hermione, assim como Logan Lerman sem nenhum resquício do patético Percy Jackson e Ezra Miller também ótimo, como sempre… O trio nos faz rir e querer ser infinitos junto com eles.
Ambientação, figurino e trilha sonora (playlist aqui) dos anos 80 impecáveis! O filme deu vida, alegria e coloriu as páginas de um livro que pra mim tinha sido bem mais ou menos… O livro, em contrapartida, trouxe maior compreensão, riqueza de detalhes e uma análise mais profunda daquelas cenas que são resumidas e mostradas de forma rápida e mais simples no filme.
Meu namorado assistiu comigo sem ter lido o livro (apesar de eu já ter contado algumas partes e ter dado alguns spoilers), entendeu tudo perfeitamente e também gostou bastante!

Vale muito a pena para quem tiver paciência de encarar os dois, Funcionou igual queijo com goiabada! 🙂

nota8SB

Abaixo, sinopse e trailer para os interessados:

5720575SZ
Elogiado pela crítica e adorado pelos leitores, As vantagens de ser invisível – que foi adaptado para os cinemas com Emma Watson, a Hermione de Harry Potter, e Logan Lerman, de Percy Jackson, no elenco – acaba de ganhar nova reimpressão pela Rocco. Livro de estreia do roteirista Stephen Chbosky, o romance, que vendeu mais de 700 mil exemplares nos EUA desde o lançamento, está de volta ao topo do ranking do The New York Times impulsionado pela adaptação para a telona.
Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.
As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky

 

Imagem de Amostra do You Tube

 “Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos”
                                (Bill – As Vantagens de Ser Invisível)

assinatura1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Share!

    2 Comments on

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *